quarta-feira, 15 de abril de 2009

Tertúlia Virtual - PRAZER

Pequenos Prazeres, GRANDES SENSAÇÕES!


Prazer em conhecê-la, Tertúlia!
Esta é a primeira vez que participo do evento. Se pretendo continuar? Claro! Busco prazer lendo e escrevendo, a sensação que tenho assemelha-se à dança, preciso de um par que saiba conduzir, que seja gentil e goste tanto disso quanto eu.
Quer melhor oportunidade para tal?
O prazer de fazer o que se gosta pode ser diferente do prazer em gostar do que se faz? O que me diz? Eu penso que sim.
Acredito que seja único em cada pessoa e em cada momento. Por vezes, o prazer é que nos encontra vida afora, assim mesmo, sem termos procurado por ele, sem grandes esforços e, se estivermos prontos para recebê-lo, poderemos nos deleitar ao encontrar a pessoa amada, a melhor amiga ou amigo, ao esbarrar nas felizes “coincidências” de nossos monótonos dias.
Quanto prazer nos cerca sem que saibamos da sua sutil existência, concorda? Alguns tão pequenos e tão singelos...passamos por eles e nem os notamos... que pena! Poderíamos ter potencializado essa sensação se tivéssemos percebido antes.
Prazer inigualável encontra-se no pedaço de bolo de chocolate feito por mãos carinhosas; no passeio ao lado de alguém tão especial; ao ver o riso gostoso de seu bebê; ao presentear quem se ama; ao oferecer a mão amiga e receber um coração agradecido; ao dedicar-se de corpo e alma e ouvir um elogio, ou ainda, elogiar quem se dedicou igualmente; compartilhar, com alegria, palavras como: “Bom dia! Boa tarde! Boa noite! Por gentileza! Como está? Posso ajudar? Conte com minha amizade. Obrigada (o). Seja feliz!”, entre tantas e tantas outras formas de expressão do prazer que não seria possível mensurá-las todas. E você, quais incluiria nesta lista infindável?
Ora, estou a falar de modo positivo do prazer, deste tipo que constrói e edifica, tanto em nós quanto nos outros. Entretanto, muitos procuram ou encontram satisfação no desprazer. Pessoas cuja índole desvirtuou-se, ficou às avessas, tornou-se torpe... consomem precioso tempo, delas e de seu próximo, trazendo à tona toda ruína humana, fazendo pouco caso, maltratando, espezinhando... a esse tipo de pessoa posso dizer com todas as letras: é um desprazer conhecê-la! Quanto mais distante, melhor! Além disso, não é hígido viver ao lado de gente assim: pode contaminar nossa mente, nossa alma... correremos o risco da perda do prazer evolutivo, do prazer criador, do prazer desafiador, dos tantos prazeres que nos mantêm vivazes.
Pessoas aborrecidas, tristes ou deprimidas não sentem prazer. Sentem? Duvido. E o problema é este. Fomos feitos para o prazer na proporção em que ele foi feito por nós e para nós. Ficamos totalmente dependentes, então, quem consegue viver sem? Por essa razão digo que se encontrarmos prazer nas pequenas coisas, mais fácil será encontrá-lo nas grandes. Mais gratos seremos. Mais felizes também.
E, concluindo, foi um prazer participar! Até o próximo tema! Que seja tão prazeroso quanto este!













32 comentários:

expressodalinha disse...

Prazer em tê-la por cá. De facto, prazer não é vício. É um direito. Excelente participação. Apanhou o espírito da coisa!

james emanuel disse...

Tudo de muito bom gosto por aqui.

Um abraço.

Serena Flor disse...

Estou tendo muito prazer em conhecer novos cantinhos e mais prazer ainda de estar participando desta tertúlia maravilhosa.
Belíssima participação...parabéns!
Beijos.

Christi... disse...

Delícia foi viajar nas indagações, nas sugestões do prazer da sua postagem.

Bjs

Chris

jugioli disse...

Jô, linda participação.
Adorei conhecer o seu lindo blog.

@dis-cursos

Compondo o olhar ... disse...

seja bem vinda a tertulia... e com prazer venho aqui me deliciar com seu texto maravilhoso... parabens!!!

bjocas

Valdemir Reis disse...

Olá estou pousando neste maravilhoso espaço, que beleza de trabalho, parabéns. Cada vez melhor! Parabenizo pela publicação do tema "Tertúlia Virtual - PRAZER", excelente. Quero convidar você para uma homenagem, com todo brilho e requinte, passa lá em; http://www.valdemireis.blogspot.com ou em; http://www.valdemircantinhopaz.blogspot.com, vamos brindar juntos, temos postado um texto especial desenvolvido para você, quero na oportunidade entregar seu merecido “ PRÊMIO” , você conquistou, sim leve o seu e seja generoso distribuindo com seus os amigos. Vamos estender a festa... Hoje a festa é sua, venha já! Estou esperando você. Por isso considero a vida uma oportunidade impar. Cada pessoa que passa em nossa vida não passa sozinha, por ser única, deixa um pedaço de si e leva um pedaço de nós. Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Muito Obrigadoooooooo... Por sua simpatia e amizade!!! Também quero desejar uma feliz e abençoada semana para toda família. Muitas bênçãos e brilho, sucesso, prosperidade, proteção e paz. Fique com Deus.
Volte sempre!
Valdemir Reis

Conceição Duarte disse...

Hummmmmm, vc deve sim, participar das próximas e atuar mais como blogueiro, afinal, escreves bem e gostoso de se ler... Parabéns, Bj, CON

Nanda disse...

Bem vinda!! Esta é minha segunda participação, então somos recém chegadas. Gostei do texto e das pinturas, também sinto prazer em olhar os quadros de Renoir.

Bjsa!

Cristiane Marino disse...

Oi minha queridonaaaaaaa!

Nossa tava com uma saudadona danada de vir aqui! Toda semana prometo que agora vou visitá-la sempre, mas você sabe o que se passa. Agora estou tentando viver tudo de uma vez como inclusive digo no meu texto né? rs.

Jô como eu já comentei no e-mail. Seu texto está ma-ra-vi-lho-so! não tem o que tirar nem por, é fascinante ler seus trabalhos, a cada dia que passa você se aproxima mais dos leitores, sua linguagem vai ficando ainda mais gostosa e acessível (mesmo que isso parecia impossível né? melhorar textos seus? que sempre foram tão perfeitos).
Parabéns pela sua participação de ouro no tertúlia, já começou arrasando.
Beijokas

Eduardo P.L disse...

Como disse o Jorge, vc apanhou perfeitamente o espírito do PRAZER que gostariamos de debater nesta Tertúlia!

Obrigado per ter participado

Cáh! disse...

wia bom gosto heim jô
sempre com posts que mostram que és uma mulher muito culta...
e pra dizer que adoro renoir tambem.
beijokas

€ster disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
disse...

Olá Jorge! Obrigada pela visita e as palavras carinhosas. Que possamos usufruir mais desse direito, não é? Bjins e até mais!

disse...

Olá James Emanuel! Prezo muito pelo Viraletras para que os que aqui passam sintam-se bem e queiram voltar outras tantas vezes. Obrigada pelo elogio. Bjins e até!

disse...

Olá Serena! Prazer em recebê-la neste cantinho que cuido com carinho. Obrigada e volte sempre que quiser. Bjins e até mais!

disse...

Oi Christi! Fico feliz que tenha "viajado" no post, que ele tenha dado prazer também. Comentários assim enriquecem e estimulam minha produção textual, obrigada. Bjins e até!

disse...

Olá Jugioli! Obrigada, de coração. Espero-te mais vezes por aqui, como já disse algumas vezes: escrevo com prazer, com alegria e isso muda tudo,não é?. Bjins e até!

disse...

Oi Ivany! Estive ontem em seu blog prestigiando seu post para esta Tertúlia, que por sinal ficou lindo. Obrigada e volte sempre que quiser, estou sempre em busca de deixar o Viraletras cada vez melhor! Bjins e até!

disse...

Olá Valdemir! Obrigada pelas gentis palavras e pelo presente, logo o postarei,ok? Concordo contigo que a amizade, em especial as virtuais que vivenciamos nos últimos tempos, têm muito a acrescentar em nossas vidas, basta dosá-las, basta compreender e respeitar mutuamente, só assim acredito num mundo cheio de paz. Bjins e até!

Ariane Rodrigues disse...

Olá Jô! Obrigada por visitar e acompanhar o blog! Eu tbm me identifiquei bastante com teu canto. Seu texto é bastante pertinente e as imagens do Renoir são das minhas preferidas. Abraço! Até mais!

Eduardo Santos disse...

Olá amiga tertuliana. Gosto de ler e apreciar cada texto com que deparo, o seu não foi excepção. As suas ideias são bastante claras, pequenos prazeres, coisas simples que nos dão prazer, de facto é quanto basta. Não devemos viver para o prazer, mas usá-lo da melhor forma possível, isso sim, é prazer. Tive muito gosto em conhecer o seu cantinho, até breve, tudo de bom para si.

nilda disse...

Foi ótimo visitá-la.
Seu blog é muito cativante. Hoje dei atenção ao prazer , mas voltarei pra debulhar tudinho.
Beijoca.
Nilda.
http://meucantin5.blogspot.com/

disse...

Conceição, muito obrigada pelas palavras de apoio. Continuarei sim a participar da Tertúlia. Bjins e até mais!

disse...

Nanda, prazer em recebê-la pela primeira vez aqui e apareça sempre que quiser. Eu também gosto de belas pinturas e acredito que as de Renoir encaixaram bem com o tema. Bjins e até!

disse...

Oi Cris! Não tenho palavras que bastam para agradecer sempre todo o carinho.Muito, muito obrigada! E, imagina se meus textos são perfeitos? Até tento, mas a soberba tem que passar longe daqui!(rs)Bem verdade que busco torná-los acessíveis e interessantes ao máximo, contudo, o exercício de continuar escrevendo é o que me faz melhorar, creio eu. Sei que seu tempo é escasso, mesmo assim continua visitando os amigos e até os parentes!Valeu! Bjins da titia(rs)e até!

disse...

Eduardo, fico feliz de ter encontrado esse modo novo de comemorar a "literatura blogueira", participar da Tertúlia foi ótimo e quero continuar. Parabéns a vocês que criaram e mantêm a ideia viva mensalmente! Bjins e até a próxima!

disse...

Oi Cáh! Mulher culta é bondade sua(rs), procuro sempre estar bem informada sobre nossa língua portuguesa e tantas outras coisas importantes da literatura. Sabe que aprendo muito com meus amigos blogueiros, não é? Então, procuro compartilhar as boas coisas também. Bjins pra ti e até mais!

disse...

Pôxa Ester! Não sei o que houve para tal remoção, mas eu já havia lido seu comentário, certo? Frequentemente os leio todos e só depois sobra um tempinho precioso para eu comentá-los. Obrigada por sempre prestigiar meu cantinho. Bjins e até mais ver!

disse...

Oi Ariane! Feliz demais fiquei com sua presença. Muito obrigada pelas palavras de carinho e posso dizer que estou aprendendo muito mais a apreciar as belas-artes visitando seu blog que é de muito bom gosto, além dos excelentes poemas, claro. Obrigada e volte sempre mesmo! Bjins e até!

disse...

Olá Eduardo Santos! Fico contente quando recebo novos visitantes e, em especial, os que deixam sua presença registrada num comentário tão gentil. Obrigada! Falar das coisas simples da vida é bem mais fácil que vivê-las atualmente, estamos a complicá-la sempre, não é? Entretanto, acredito que refletir sobre nossos singelos prazeres no Tertúlia pode aproximar-nos mais deles. Bjins e até!

disse...

Olá Nilda! Obrigada pelo elogio e o carinho. Espero que volte sim para compartilhar comigo suas percepções, isto muito me acrescenta. Bjins e até mais ver!